É uma cidade que fica no estado da Bahia. Foi emancipada em 28 de julho de 1958 do município de Glória. Sua área é de 1.574 km² e sua população é de 102.689 (2005). Sua densidade demográfica é de 65,24 h/km². A cidade é conhecida por causa das belezas e encantos naturais que são proporcionados aos visitantes, às festas tradicionais como a Copa de Vela e sem contar com o pioneirismo da cidade em relação à geração de energia no Nordeste.

Paulo Afonso, cidade com sol, vento, ecoturismo, eco esportes, axé e muita energia 365 dias por ano, nasceu em torno da CHESF. A usina é um exemplo de força e determinação do sertanejo que, apesar das dificuldades tecnológicas da época, construíram uma casa de máquinas em pleno paredão rochoso do cânion do Rio São Francisco.

Paulo Afonso é uma cidade ainda jovem, com um grande futuro pela frente, uma cidade conduzida por mãos fortes de um povo trabalhador e alegre. Hoje é considerada uma das melhores cidades do Nordeste, dinâmica e com um grande potencial de crescimento, o verdadeiro “Oásis do Sertão”.

A população de Paulo Afonso foi formada por uma mescla de pessoas que vieram de vários estados do País para trabalhar nas construções da CHESF. Por ser uma cidade relativamente jovem, Paulo Afonso ainda não possui uma identidade cultural formada e sofre influências dos seus estados vizinhos. Vários projetos culturais estão sendo desenvolvidos e muitos espaços foram construídos para a sua prática.

Entre a beleza das cachoeiras das Usinas Hidrelétricas e a riqueza da cultura baiana, encontra-se a comunidade inserida das FMA do Nordeste, com um belo trabalho pastoral, sinalizando o novo jeito de ser Igreja.

As irmãs lidam com uma juventude que busca a novidade do reino, assumindo seu compromisso na Igreja. É um trabalho que merece destaque.

Rua José Emetério de Carvalho S/N

48601 – 320 – Paulo Afonso-BA